Terapia de alto fluxo nasal

INFORMAÇÕES & RECURSOS DA COVID-19

Última atualização: 18 June 2020, 4:16PM (NZDT)

Resumo

O Alto Fluxo Nasal foi utilizado por médicos como suporte respiratório para pacientes com COVID-19 após o surto na China.3, 4, 5
O Alto Fluxo Nasal é reconhecido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para o tratamento de pacientes com COVID-19.
A OMS diz que o Alto Fluxo Nasal deve ser usado com precaução para evitar a transmissão aérea.1

Como o COVID-19 está sendo gerenciado?

A OMS está emitindo as seguintes informações sobre o manejo clínico dos pacientes e a situação do surto:

A OMS refere-se ao uso da terapia com alto fluxo nasal para a pré-oxigenação antes da intubação e para suporte respiratório não invasivo com monitoramento rigoroso da deterioração clínica em pacientes selecionados com insuficiência respiratória hipoxêmica. 1

Atualmente, maior parte da experiência clínica com pacientes com COVID-19 vem de médicos na China, Coreia do Sul e Itália. Embora os relatórios variem, eles incluem a exigência de tratamento de pneumonia viral e hipoxemia.

Um estudo observacional retrospectivo publicado por Yang et al. 3 relataram o curso clínico e os resultados de pacientes gravemente doentes com COVID-19 em Wuhan. 

Uma publicação recente 4 no Chinese Journal of Critical Care & Intensive Care Medicine de um grupo em Wuhan descreve sua abordagem de tratamento, que inclui o Alto Fluxo Nasal.

Outra publicação recente de Xie et al.5 em Medicina Intensiva, oferece recomendações baseadas em medidas tomadas na China para lidar com a escassez de recursos de cuidados intensivos.

Como se preparar para o COVID-19

A OMS fornece informações úteis sobre a preparação contra o COVID-19:

Uma publicação recente7 no Chinese Journal of Tuberculosis and Respiratory Medicine faz recomendações para a prevenção da transmissão nosocomial durante os cuidados respiratórios para pacientes gravemente enfermos infectados pelo COVID-19.

Prevenção e controle da infecção

A OMS descreve precauções adicionais que devem ser tomadas para proteger os profissionais da saúde durante procedimentos geradores de aerossol associados com um aumento do risco de transmissão6. Esses procedimentos incluem intubação traqueal, ventilação não invasiva, traqueotomia, ressuscitação cardiopulmonar, ventilação manual antes da intubação e broncoscopia.

O Alto Fluxo Nasal não é especificamente designado pela OMS como um procedimento de geração de aerossol associado a um risco aumentado de transmissão.6No entanto, tem havido alguma incerteza sobre a criação potencial de aerossóis de todas as formas de suporte respiratório não invasivo, incluindo Alto Fluxo Nasal.

De acordo com a OMS: “Devido à incerteza em torno do potencial para aerossolização, HFO, NIV, incluindo Bubble CPAP, devem ser usados com precaução para evitar a transmissão aérea até que avaliações adicionais de segurança possam ser concluídas.” 1

Publicações recentes de Hui et al.8, Leung et al.9 e  Hui et al.10] compararam a aplicação do Alto Fluxo Nasal a uma variedade de terapias e interfaces alternativas e não constataram maior risco de transmissão por dispersão no ar. Os resultados da dispersão do ar coletado de dois estudos conduzidos por Hui et al.8, 10 são ilustrados na tabela abaixo.

Constatações de um novo estudo de Kotoda et al.11 sugerem que “ terapia com alto fluxo nasal não aumenta o risco de infecção por gotículas e contato”.
 

Changes in exhaled air dispersion | Hui

*Dados sobre distância de dispersão mostrados no gráfico são combinados a partir de dois estudos realizados pelos mesmos autores. 
Nem todas as interfaces representadas foram comparadas diretamente.

Experiência clínica

O Manual de Prevenção e Tratamento do COVID-19 foi compilado de acordo com a experiência clínica com o COVID-19 do Primeiro Hospital Afiliado, Escola de Medicina da Universidade de Zhejiang (Zhejiang University School of Medicine), em Hangzhou, capital da província chinesa de Zhejiang.

Guias de configuração

AIRVO™ 2  Introdução

AIRVO 2 (parte 1) :
Introdução

Descreve o que é o AIRVO 2, como ele funciona e a filosofia por trás do uso de um umidificador aquecido e ativo para fornecer a umidade ideal.

AIRVO™ 2  Configuração

AIRVO 2 (parte 2) :
Configuração

Guia detalhado para configurar o AIRVO 2 e uma introdução à nossa gama de interfaces.
AIRVO™ 2  Uso

AIRVO 2 (parte 3) :
Uso

Como operar o AIRVO 2, incluindo como ajustar as principais configurações como fluxo, temperatura  e como adicionar oxigênio suplementar (se necessário).

AIRVO™ 2  Desinfecção

AIRVO 2 (parte 4) :
Reprocessamento

Guia em vídeo do AIRVO 2 mostra como limpar e desinfetar o AIRVO 2 reprocessar através de desinfecção de alto nível para uso no próximo paciente.

Guia de adaptação da cânula nasal Optiflow +

Aprenda como colocar corretamente a cânula nasal Optiflow + fazendo o download do Guia de Colocação.
Como colocar a cânula nasal Optiflow +

Como colocar a cânula nasal Optiflow +

Aprenda como colocar corretamente a cânula nasal Optiflow + assistindo a este vídeo instrutivo.


Flow Matters | Edição 10

Esta informação está disponível para download abaixo.